sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

A Cheerleader

   Oi gente, tudo bem?
Halftime do jogo entre Croco x Sada.
   Não é segredo pra quem me conhece bem de perto que eu sempre gostei de cheerleaders,  acho que já devo ter comentado aqui no blog alguma vez. Tudo começou quando eu estava na oitava serie e minha professora de Jazz fez uma coreografia de jazz estilizado para cheerleader. Inclusive dançamos com pompons, mas é claro que os passos eram de jazz e hoje eu sei  a coreografia não tinha nada a ver com cheer! Hahahaha!
   Lembro que a professora pediu que a gente procurasse vídeos na internet de cheerleaders, e eu procurei e acabei achando as cheerleaders da NFL (liga de Football Americano dos EUA) e achei incrível a kickline que elas faziam, que é uma fila (tipo cancan) e elas fazem um grand battement com a perna. Eu sempre fui muito boa em flexibilidade então aquilo me fascinou. Hoje em dia eu acompanho de leve o football americano especialmente o Super Bowl, que é a grande final, já que não torço pra nenhum time em específico, e principalmente eu acompanho o reality show "DCC making the team", que mostra as audições do time de cheerleaders dos Dallas Cowboys. Típico reality show que bailarinas adoram assistir! Hahaha!
  
Os famosos Stunts.
Enfim, dançamos essa coreografia várias vezes e depois disso eu fui escolhida como capitã do time de balizas (bailarinas que dançam na frente da fanfarra) do meu colégio na época. E como capitã era eu quem coreografava e como dançávamos com pompom eu me inspirava nas coreografias das cheerleaders. Depois eu mudei de cidade e até procurei se havia time de cheerleading lá, mas não tinha. Aí depois me mudei pra Curitiba pra fazer faculdade e algumas pessoas me falaram que tinha uma escola de cheerleading e eu até me interessei, mas como eu estava fazendo faculdade e aulas de Dança eu não fui atrás. Foi só no fim do ano passado que surgiu a oportunidade de eu fazer um tryout, que é uma seleção pra um time de cheer.
   Pausa pra explicar algo importante. Existem 2 tipos de cheer. O cheerleading que é um esporte baseado na ginástica artística e contém muitas acrobacias. Você já deve ter visto em filmes americanos ou até mesmo filmes de cheerleader a hora em que eles jogam as pessoas pra cima sabe? Haha! E existem as cheerleaders da NFL e da NBA (que é a liga de basquete), elas são basicamente bailarinas que dançam com pompons, elas normalmente não fazem as acrobacias, apenas Dança. E é por isso que eu prefiro elas, pois cresci com a Dança e não tenho muito treino em acrobacias.
Claro que eu não ia deixar de
experimentar o uniforme, isso
foi no dia em que tivemos
uma palestra pra aprender sobre o jogo!
   No Brasil, muito pouca gente sabe, mas existem muitos times de cheerleding, mas como eu disse é cheerleading, aquele mais acrobático. Existem campeonatos estaduais e também nacional, a minha equipa já ganhou várias medalhas de ouro inclusive, mas eu como tenho um contato muito recente com cheer nunca participaie como competidora, nem vou competir, pois na altura do campeonato de cheer do ano que vem eu já estarei nos EUA como Au Pair.
   Enfim, mesmo tendo mais interesse num estilo da NFL, entrei para o time pra aprender o cheerleding, lá aprendi alguns stunts que é quando eles jogam uma pessoa, chamada flyer, pra cima hahaha! E siiiiimm já fui jogada pra cima! E é um máximo! Hahahaha! Claro que dá um medinho, mas estou me superando, além do mais temos boas coachs que ensinam tudo direitinho para nossa segurança! Também treinamos outras acrobacias (chamados tumblings) que são mortais, paradas de mão e etc., claro que eu não faço nada disso ainda, mas estou em progressão. hahaha! 
   Mas a parte mais legal é que lá temos uma equipe que participa de jogos de Football Americano animando os jogos. Aqui no Brasil tem uma federação de Football Americano e cada estado tem alguns times que participam de um campeonato estadual e nacional. O time para o qual torcemos é o Coritiba Crocodiles, e a equipe de cheer é chamada Crococheers! Hahaha!
  
Apoiando o time no campeonato.
Nós ensaiamos sempre uma rotina (coreografia) com stunts e alguns passos de Dança. E é claro também usamos pompons! A energia dos jogos é muito legal e é sempre muito divertido! Dançamos na hora do intervalo do jogo, mas temos alguns cantos que ensaiamos para torcer no meio do jogo. O legal é que a torcida já conhece alguns dos nossos cantos e as vezes a torcida inteira canta com a gente! :D #crocodoido
   Foi participando desse time que eu descobri que tem uma seleção brasileira de Football Americano e que haveria um jogo entre Brasil Onças e Argentina Halcones. E adivinhem só. Estavam selecionando cheerleaders para animar o jogo neste dia! Então eu me inscrevi e um tempo depois me ligaram dizendo que eu havia passado! 
   O jogo foi no dia 16 de dezembro de 2017, no estádio Mineirão em Belo Horizonte. Para isso elas mandaram 4 coreografias por vídeo, pois já que haviam selecionadas do Brasil inteiro, não conseguiríamos ensaiar todas juntas. Então dia 15 de dezembro fui para BH de avião! Claro que adorei, pois amo voar! Depois de uma escala em SP cheguei lá e tinha uma equipe nos esperando no aeroporto. Quando cheguei, quase na mesma hora chegaram dois jogadores do time da Argentina e por isso a organização colocou a
gente no mesmo carro (pago por eles) para ir até o hotel. Meio engraçado né? mas como era amistoso tudo bem. Hahaha! Gente os jogadores conversavam entre eles em espanhol no carro mas eu não entendi quase nada que eles falaram! :/
   Lá me encontrei com outras meninas que eram também cheerleaders e a tarde tivemos um ensaio geral no hotel mesmo. No outro dia fomos bem cedo pro estádio e lá fizemos cabelo e maquiagem, que não icou lá essas coisas, pois as cabeleireiras fizeram com muita pressa, mas ficou bem bonitinho. Só que... estava chovendo! Chovendo muitoooo na hora do jogo! E é claro que entramos na chuva mesmo e saímos de lá encharcadas! Mas foi divertido! Hahaha!
Antes do jogo, uniforme e pompons!
   Voltei pro hotel já era umas 20h, jantei e estava tão cansada que só tomei banho, liguei pra minha mãe e pro meu namo e eu fui direto dormir que nem um anjo! As outras meninas do meu quarto resolveram ir pra outro lugar acho que era uma balada, e por isso dormiram na casa de uma cheer que é lá de BH. Fiquei sabendo no outro dia que elas acabaram perdendo a viagem pois a balada tava bem cara, então fiz certo em voltar pro hotel! Hahaha! Eu e umas outras meninas que estavam em outro quarto dividimos um uber.
    No outro dia teve o Pro Bowl que é um jogo em que os jogadores se inscrevem para participar e eles escolhem quem vai pra cada time. Cada time tem um coach (treinador) e é um jogo bem amistoso mesmo, não vale no campeonato. Como meu voo de volta era só a noite eu fiquei assistindo com outra menina que também vinha no mesmo voo que eu. Aí depois que o jogo acabou, já era quase duas da tarde, estávamos pensando em como iríamos pro aeroporto sendo que era muito longe do Hotel e teríamos que pagar do nosso bolso um uber pra lá, e sairia uns 50 reais pra cada! :o
O time todo.
   Eis que uma fotógrafa de Curitiba conhecida nossa estava lá fotografando e acompanhando o filho que é jogador, e ela iria voltar pra Ctba no mesmo voo que nós e então ela nos convidou pra ir com ela até a casa de uns amigos dela que são mineiros e moram em BH. E nós bem na cara de pau, já que eles nos convidaram, fomos junto de carona, hahaha! Chegando lá eles fizeram almoço (detalhe que já era umas 4 da tarde), uma comida bem boa por sinal, sempre falam que comida mineira é boa, a do hotel era bem boa, mas essas caseira estava beem melhor!  Também ouvi dizer que mineiro é bem hospitaleiro, mas não esperava que tanto! Haha!
  
Eu e algumas meninas. 
A família deles era bem grande e como era domingo os filhos vieram almoçar todos juntos e mesmo tendo tanta gente lá eles nos ofereceram pra ir junto, por isso achei muito legal e hospitaleiro da parte deles! Eles foram muito queridos! Depois de almoçarmos nos deram sobremesa, e antes de irmos embora fizeram questão que provássemos pão de queijo e cafezinho
o. Mas o surpreendente foi que antes de irmos pro aeroporto já era umas oito da noite eles deram de presente pra cada um de nós um queijo canastra típico de Minas! E tava uma delícia! Trouxe aqui pra casa pra comer com os meus pais! Depois peguei o voo de volta e cheguei em casa meia noite, feliz porém, podre de cansada! Com exceção das passagens de avião de ida e volta (e do uber que rachei com as meninas que deu 10 reais) tudo foi pago por eles, o hotel, todas as refeições e o translado pra ir pro estádio.
Cheerleaders Brasil Onças 2017.

   E assim foi a minha experiência como Cheerleader da Seleção Brasileira de Football Americano! Foi divertido apesar do banho de chuva que não nos deixou ficar em campo o jogo todo, eu como gosto de assistir o jogo fiquei triste com isso, mas tudo bem! O Brasil foi o vencedor do jogo de lavada e eu tive a honra de ajudar a entregar as medalhas de ouro ao presidente da federação para que ele desse aos jogadores! :D
   Gostaria de ter mais oportunidades como essa, pois gosto de muito de dançar e muito de ser cheerleader! Claro que aqui no Brasil o cheer de Football Americano não se compara ao nível da NFL. Mas está se desenvolvendo bastante. 
   É isso por hoje! Beijinhos, cheers e Go Croco! :D

2 comentários:

  1. Oiê Tammy!!

    Qto tempo, hein? EU adorei saber notícias suas e vi o qto você evolui a cada dia,menina! Parabéns e continue valente,viu? Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!
      Pode deixar! Hahaha!
      Beijinhos!

      Excluir

Bem vindo! Deixe aqui com muito carinho seu comentário!
Obrigada! Beijinhos !